Saltar al contenido
Web de cirurgia plástica e estética

Blefaroplastia

Hoje, a blefaroplastia é considerada uma das intervenções cosméticas mais populares em pessoas com mais de 45 anos. Isso ocorre porque permite que uma mudança significativa na área dos olhos seja eliminada, eliminando as conseqüências do tempo.

Isso é possível graças aos avanços tecnológicos e especialistas, que nos dão a oportunidade de mudar parte de nosso corpo para fazer várias melhorias.

O que é a blefaroplastia?

Trata-se de uma cirurgia realizada nas pálpebras, com o objetivo de corrigir a queda delas e as bolsas que ocorrem sob os olhos, graças à passagem do tempo.

À medida que essa área envelhece, ela se estica e enfraquece, e é por isso que a gordura indesejada se acumula e causa pálpebras caídas, sobrancelhas caídas e bolsas sob os olhos.

Essa área da face é uma das mais visíveis, portanto, esta operação é uma das melhores alternativas para melhorá-la, pois pode levar a problemas físicos e psicológicos em homens ou mulheres, pois ambos sofrem com isso.

operacion de ojos

A blefaroplastia pode ser realizada por dois motivos: a saúde, porque em muitas ocasiões o excesso de tecido na pálpebra superior dificulta a visão a ponto de se tornar irritante e sem esperança.

Portanto, ao executar este procedimento, você pode melhorar significativamente essa área e contribuir para que a pessoa afetada aprecie a vista sem nenhum inconveniente,

Há também razões estéticas e é uma das principais razões pelas quais essa é uma das intervenções favoritas. Se a pessoa não se sentir confortável com sua aparência, isso é algo que ela não gostará.

Essa situação tende a transformar o indivíduo de maneira negativa, pois gera características demacratadas nas áreas afetadas pelo envelhecimento ou alongamento.

É uma das melhores alternativas, pois, levantando as pálpebras superior e inferior, isso dá uma aparência mais jovem ao olho e contribui para a imagem que a pessoa deseja projetar.

Em que consiste este procedimento de cirurgia laser

A intervenção consiste na eliminação do excesso de pele, músculo e gordura que podem ser encontrados nessa área e isso é feito através de dois modelos:

  • Blefaroplastia inferior: elimina as bolsas que se formam sob os olhos, produto do envelhecimento da pele. Isso é preenchido com graxa e, sendo constantemente alojado neste local, a bolsa está se deteriorando.
  • Blefaroplastia superior: é responsável pela remoção do excesso localizado nas pálpebras superiores. Aqui o excesso de pele é removido e o músculo é restaurado. Caso você tenha sacos de gordura, eles podem ser removidos.

Esse procedimento consiste em uma operação ambulatorial que pode ser realizada externamente, com pequenas incisões nas linhas naturais da pálpebra, servindo para remover a pele, músculo ou gordura.

Caso se pretenda apenas remover a gordura, ela pode ser realizada internamente, com a incisão no interior da pálpebra, ou também conhecida como blefaroplastia transconjuntival devido à maneira como é realizada no interior da pele.

Você pode estar interessado:  Ginecomastia: peito em homens

Lá, a gordura seria removida através da mucosa interna e não é necessária uma sutura, pois esse tecido cicatriza muito bem e rapidamente.

Para realizar essas intervenções, elas podem ser realizadas, dependendo do caso ou demanda, individualmente ou em conjunto com outro relacionado à estética.

Geralmente, as pessoas têm essa operação combinada com outra estética e, portanto, passam por uma única que fornecerá vários resultados,

Pode tratar sem cirurgia?

A blefaroplastia é a cirurgia do tipo cirúrgico mais popular em rejuvenescimento, mas não é a única que existe nessa área, pois também existem cirurgias não cirúrgicas, ou seja, sem intervenções.

Isso geralmente é usado quando a pessoa deseja se submeter a esse procedimento, mas sem a necessidade de ir para uma operação como tal.

Graças ao avanço da tecnologia, essa alternativa é apresentada, pois permite que esse procedimento seja realizado de forma não invasiva, especialmente desenvolvido para pessoas que temem o bisturi, mas que desejam parecer jovens e arejadas.

Essa opção pode gerar os mesmos resultados que uma intervenção, mas não no mesmo período de tempo, para isso são necessárias várias sessões do tipo de procedimento que você deseja executar.

Nesse caso, existem duas maneiras de realizá-lo, seja a blefaroplastia sem cirurgia ou a elevação dos olhos. Essas duas alternativas são aquelas apresentadas por especialistas que podem optar e se submeter a elas.

O lifting ocular consiste em infiltração por injeções subcutâneas das áreas das pálpebras onde você deseja melhorar.

Isso é feito com uma substância conhecida como ácido hialurônico, que serve para apertar a pele e, assim, fazer com que as pálpebras caiam ou a bolsa que se forma na área das olheiras.

Além da injeção na pálpebra, deve-se aplicar também nas sobrancelhas, mas isso é aplicado com colágeno

Deve ser um na parte superior, para causar o levantamento do mesmo e outro que é aplicado na parte inferior, para que esta pele fique completamente esticada e não se estique.

Na parte inferior da pálpebra, a injeção é aplicada no chamado septo ocular, pois lá permite que uma vez fornecido o saco que é gerado lá volte e se esconda.

É importante observar que esse procedimento não tem efeitos a longo prazo, portanto deve ser considerado uma opção temporária, pois não o elimina como cirurgia, mas atua como retardador dos efeitos da velhice.

Isso tem uma duração estimada de no máximo um ano, o que não descarta a perda do efeito antes desse período. Se esse procedimento for realizado, você deverá continuar investindo nele para renová-lo.

A outra alternativa é a blefaroplastia a laser, realizada sob anestesia local. Isso é feito passando um laser através desse excesso de pele, na pálpebra inferior ou superior, e procura pegá-lo.

Posteriormente, é feita uma incisão muito pequena para introduzir uma sonda a laser, que dissolve a gordura nessa área. Essa abertura é completamente mínima e não pode ser vista, pois é feita em uma área muito pouco visível.

Você pode estar interessado:  Ritidoplastia, o Método Invasivo Mais Usado

Esse tratamento dura 30 minutos, onde a anestesia é aplicada, realizada e não é necessário internar a pessoa. Isso não produz cicatrizes, mas é importante observar que o laser de plasma faz uma pequena queimadura na pele.

Isso pode causar hematomas, edema, inchaço e uma crosta na área afetada que desaparecerá com o passar dos dias. O tempo estimado de recuperação é de 3 a 7 dias.

Uma vez feito, permite resultados naturais e duradouros. Os resultados não são evidentes até 2 ou 3 semanas após a realização deste procedimento.

É muito importante que o profissional que realiza essas intervenções seja uma equipe qualificada, neste caso um cirurgião plástico experiente, e que sua trajetória possa ser verificada com opiniões e resultados em outros pacientes.

Seja cirúrgica ou não, essa parte é vital para evitar uma blefaroplastia mal feita que pode causar problemas que prejudicam o paciente.

Recuperação e cuidados pós operatórios

Após a intervenção, é importante manter uma boa recuperação, realizando os cuidados pós-operatórios correspondentes que o cirurgião forneceu ao paciente.

Portanto, é necessário seguir estas dicas:

  • Mantenha os primeiros 4 ou 5 dias após a operação. É necessário ficar longe de esforços físicos que possam gerar algum tipo de sangramento na área afetada.
  • Não sendo exposto a altas temperaturas, isso pode ser contraproducente para feridas e elas não podem curar como deveriam.
  • Você deve dormir de costas e inclinado, para evitar pressionar os olhos na hora de dormir e derramar sangue de feridas.
  • Se você não conseguir fechar os olhos completamente, não entre em pânico, isso ocorre devido ao inchaço desta operação, mas eles desaparecem com o tempo.
  • Você não deve tocar suas feridas, para evitar algum tipo de infecção. É importante que, se você notar algum sinal disso, vá ao seu especialista para uma revisão.
  • Você deve aplicar compressas frias na área afetada para reduzir o inchaço da face e elas ajudarão a eliminar as secreções das pálpebras; portanto, recomenda-se que seja feito com camomila várias vezes ao dia.
  • Você deve proteger esta área com óculos de sol, pois ela é muito sensível e pode ser afetada por qualquer agente externo
  • As pomadas são essenciais, portanto, de acordo com o que o médico recomendou, você pode usá-las nas doses corretas.
  • Se você usar lentes de contato, não poderá usá-las até duas semanas após a cirurgia, devido ao desconforto que isso pode representar e à segurança da intervenção realizada.
  • Evite tomar medicamentos que aumentem o fluxo sanguíneo, como aspirina ou advil, que podem causar sangramento.
  • Os pontos são geralmente removidos uma semana após a cirurgia. O cirurgião durante as primeiras semanas acompanhará de perto a recuperação para verificar se está tudo bem e se não surgiram complicações.
Você pode estar interessado:  Tensionamento ou fios russos: rejuvenescer sua aparência

Não se preocupe se você tiver hematomas, pois isso é normal nessas intervenções e desaparecerá gradualmente com o passar dos dias.

Os resultados não serão evidentes até três meses após esse procedimento, portanto é necessário aguardar o paciente.

Com a blefaroplastia sem cirurgia, seja com laser ou lifting, o mesmo não ocorre na recuperação, pois isso é mínimo e não apresenta riscos na rotina diária da pessoa, você deve ter apenas os cuidados mais essenciais.

Preço sobre a cirurgia de pálpebras

Em geral, essas cirurgias, invasivas, têm um valor realmente alto que nem todos estão dispostos a pagar, mas, a longo prazo, valem totalmente a pena.

Note-se que os preços dependerão das necessidades do paciente e variarão de acordo com os procedimentos a serem realizados, pois cada um tem um valor específico.

A blefaroplastia superior, inferior ou completa e a anestesia utilizada são aspectos a serem levados em consideração no planejamento de tal intervenção.

Aqueles sem cirurgia são considerados um pouco mais baratos, mas novamente a técnica utilizada entra em jogo, pois, dependendo disso, o preço será calculado.

Portanto, isso deve ser consultado com seu especialista, ele fornecerá um orçamento ao qual você pode se adaptar, mas é necessário aconselhamento.

blefaroplastia costo

Maquiagem depois de uma blefaroplastia

Quando estiver no processo de recuperação, você deve esperar até que as feridas tenham cicatrizado corretamente e é nesse momento que você poderá fazer maquiagem.

Você pode usar isso para cobrir e ocultar os hematomas se precisar sair ou retornar à sua rotina de trabalho e esperar que eles desapareçam gradualmente do seu rosto

É aconselhável aplicar essas substâncias após 10 dias ou 2 semanas e apenas quando a cicatriz estiver firme e seca, para que não haja problemas com ela que possam causar complicações.

Por outro lado, o abuso de maquiagem também não é bom ou recomendado, pois grande parte pode causar irritação ou infecções nas feridas devido à sensibilidade que apresenta.

Aqui é necessário procurar o conselho do especialista, ele lhe dirá quando você pode usá-lo e em que quantidade. Às vezes, você também pode obter uma lista dos produtos que pode usar.

Evite usar nesta área as pálpebras ou geadas acessórias que possam causar prurido ou qualquer desconforto por uma boa fluidez no tempo de recuperação.

Em caso de qualquer problema médico ou no caso de precisar de aconselhamento, você deve procurar um profissional médico. As informações contidas neste blog são complementares e não devem ser tomadas como orientação profissional.